Moisés Braz solidariza-se com professores de Icó

162
Deputado Moisés Braz - PT (Foto: Máximo Moura)

O deputado Moisés Braz (PT) se solidarizou, na ordem do dia da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (21/02), com os servidores do município de Icó, que teriam sido agredidos por integrantes da Polícia Militar e guardas municipais, durante protesto diante da Câmara de Vereadores local. Ele também repudiou todo tipo de violência que possa ter sido praticada pelos agentes de segurança ou por funcionários públicos.

Conforme explicou o deputado, os servidores estariam protestando contra projeto de lei, remetido pela prefeita Laís Nunes ao Legislativo municipal, que prevê cortes nos salários dos funcionários. Moisés Braz explicou ainda que a Polícia Militar teria agido à revelia do Governo do Estado. “Nosso governador Camilo Santana não orientou o comando da Polícia a reprimir trabalhadores. Foi ato isolado. O papel das polícias é dar segurança ao povo.  Essa não é a postura do Estado”, afirmou. Moisés também se solidarizou com a presidente da Fetamce, Enedina Soares, que estava presente à manifestação e sofreu agressões com spray de pimenta.