Moisés Braz: “não haverá golpe no próximo domingo”

290
Deputado Moisés Braz discursou na tribuna. (Foto Máximo Moura/ALEC)

Em pronunciamento no Pela Ordem da sessão desta quinta, 14 de abril, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Moisés Braz (PT) disse estar confiante que o impeachment da presidenta Dilma não deverá acontecer no próximo domingo, 17. “O Brasil vai mais uma vez passar isso a limpo e terá uma nova história. Não tenho dúvida de que não haverá golpe. Não há crime que possa justificar o impeachment e os deputados darão uma demonstração de que quando não há crime, ninguém pode ser punido”

Moisés alertou para o discurso de ódio, muitas vezes insuflado pela mídia, que pode gerar uma revolta no povo brasileiro. “Que não se venha criar mentiras, fatos inverídicos para que a população entenda que o impedimento representa fim dos programas sociais políticas publicas, da trajetória e do ciclo político que fez com que a população mais pobre melhorasse a qualidade de vida”, afirmou.

No fim das suas palavras, Moisés fez uma advertência. “É importante que, a partir de domingo, aqueles que mamaram nas tetas do governo durante tantos anos não queiram se abraçar de novo com o governo e recomeçar um novo ciclo. Deixo aqui o nosso protesto contra aqueles que querem dar golpe”, acrescentou, ao convidar a população a participar dos atos contra o golpe em Fortaleza e nos municípios de Juazeiro, Caucaia, Crateús, Icó, Quixeramobim e Sobral. “Estaremos vigilantes a favor da democracia, dos direitos sociais e pela continuidade do governo da presidenta Dilma”, concluiu.