De Assis: “PT Está Unido Para A Luta Contra Esses Tempos Sombrios”

Nenhum comentário

Reconduzido neste domingo (7), por unanimidade, para mais um mandato à frente do Partido dos Trabalhadores do Ceará, o presidente Francisco de Assis Diniz considera que o resultado do 6° Congresso Estadual mostrou que o PT está unido e preparado para o embate contra os retrocessos do golpe e na luta pelo restabelecimento da democracia.

“O PT está unido para a luta contra esses tempos sombrios. O golpe está tentando levar o Brasil para o fundo do poço. Mais do que retirando direitos, está retrocedendo ao século XIX, com as propostas de reforma trabalhista. Chegaram ao cúmulo de propor que trabalhador rural troque sua força trabalho por comida e moradia”.

Para De Assis, a unidade era uma questão central para que o partido pudesse assumir, no Ceará, o protagonismo das lutas, com as demais forças políticas do campo progressista e com os movimentos sociais.

“Enquanto havia divergências, não conseguíamos cumprir a contento nosso papel. O debate do congresso mostrou que nossas diferenças eram pontuais e não de projeto. Agora, iniciamos um novo momento para construir um palanque forte para a reeleição do governador Camilo Santana e a volta do presidente Lula, para colocar o País em ordem.

Sobre a sua reeleição, por unanimidade, De Assis considera que “houve um gesto de grandeza dos companheiros, principalmente do deputado Elmano de Freitas, que retirou a candidatura, em nome da unidade e do compromisso com a construção partidária”.

Para De Assis, o importante agora é fortalecer a organização partidária, em especial, estimulando a participação da juventude e das mulheres, segmentos considerados por ele como estratégicos para o crescimento do PT e que são os mais prejudicados com a retirada de direitos promovida pelo “desgoverno” de Michel Temer.

Como uma primeira atividade da luta o presidente informou que na manhã da quarta-feira (10), haverá uma “tribuna livre” na Praça do Ferreira, com a participação das principais lideranças do partido, durante o depoimento do presidente Lula, marcado para as 10 horas, em Curitiba. Na tribuna livre deverão ser destacadas as políticas sociais implantadas pelos governos do ex-presidente e que estão desmontadas, após o golpe.

Fonte: PT Ceará

18199298_1336650703093170_5480606957396830827_n 18221579_1336651956426378_4261547611418275709_n 18275224_1336669733091267_4249534436258731836_n 18301126_1336653906426183_4891017770664909835_n 18301169_1336663146425259_1081478933095937626_n 18301215_1336652963092944_6229832806704752290_n 18301271_1336656039759303_7766017502370513207_n 18301604_1336647559760151_5540558109053989142_n 18301711_1336665486425025_239866800546472169_n 18341836_1336666176424956_8648735655562851961_n 18341914_1336665243091716_2850772485434888693_n 18402908_1336648583093382_5059795908418142265_n 18403001_1336664826425091_2068633182236247968_n 18403459_1336649556426618_5551170522050942839_n 18403537_1336648833093357_8245665600045348876_n

, , , , , ,

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu