Datafolha: PT é o partido de preferência de 15% dos brasileiros

375

Nem todos os esforços e ataques diários na mídia e nas redes sociais são suficientes para abafar o que o povo já sabe: o PT é o partido que sabe fazer, que já o provou, e que pode fazer de novo. Prova disso é o fato de o Partido dos Trabalhadores ter sido o que mais cresceu na preferência do eleitorado brasileiro segundo pesquisa Datafolha divulgada no domingo (30).

Se em dezembro de 2016 9% da população declarava que o Partido dos Trabalhadores era sua legenda de preferência, em abril de 2017 esse número subiu para 15%.

O levantamento é o mesmo que mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disparou e permanece na dianteira como candidato preferido para a Presidência da República, com 29% das intenções de voto.

PMDB e PSDB permanecem com 4% cada nas duas pesquisas, em segundo e terceiro lugar respectivamente. Os outros partidos seguem com 1% também nas duas pesquisas. PSD, DEM, PP e PRTB não alcançaram 1%.

Para o secretário Nacional de Comunicação do PT, Alberto Cantalice, a pesquisa Datafolha reflete que a retomada das ruas e das redes sociais por parte do PT contribuiu para sedimentar o crescimento do partido junto aos setores populares. “Na nossa avaliação, vamos continuar crescendo. A população começou a perceber que havia uma tentativa de criminalização do partido. Isso fez com que as pessoas que simpatizaram conosco voltem a considerar o PT como seu partido”, declarou.

Os dados corroboram os resultados da pesquisa CUT/Vox Populi divulgada em 18 de abril, que  mostraram que a simpatia pelo PT subiu de 13% para 20% entre outubro do ano passado e este mês.

A luta do Partido dos Trabalhadores em defesa das brasileiras e dos brasileiros segue firme para que os direitos históricos e os avanços dos anos Lula e Dilma não sejam alvo de ataques do governo do usurpador Michel Temer.

Amostragens

O levantamento foi realizado pelo instituto Datafolha nos dias 26 e 27 de abril de 2017, quando foram entrevistadas 2.781 pessoas em 172 municípios, com margem de erro máxima de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. Já a Datafolha divulgada em dezembro de 2016, contou com 2.828 entrevistas realizadas em 174 municípios entre os dias 7 e 8 de dezembro.

Confira aqui os resultados das pesquisas Datafolha divulgados em dezembro de 2016 e abril de 2017.

Por Ana Flávia Gussen da Agência PT de Notícias