Comunidades começam a receber tratores do Projeto São José

148

O deputado estadual Moisés Braz (PT) destacou nesta quarta, 23 de maio, que o Governo do Estado, por meio da SDA, começou a entregar em todas as regiões do Estado os 180 tratores anunciados pelo governador Camilo Santana no Dia de São José.

O parlamentar comemorou as entregas que serão feitas em comunidades nos municípios de Tamboril (7/6), Pedra Branca (2/6), Ibiapina, Baturité (25/5), Crateús (7/6), Independência (7/6) e Jijoca de Jericoacoara (esta ainda aguarda publicação do Termo de Permissão de Uso no Diário Oficial)

Entre as entidades comunitárias beneficiadas, estão:

  • Associação Comunitária dos Pequenos Produtores de Ramalhete (Tamboril)
  • Associação Edgar Machado de Aguiar (Independência)
  • Associação dos Moradores de Pituba (Ibiapina)
  • Associação dos Agricultores da Fazenda Renascer (Baturité)
  • Associação Comunitária Rural de Varjota Em Busca de Desenvolvimento (Crateús)
  • Associação Nova Esperança dos Moradores de Garapinha e Cacimbinha (Pedra Branca)
  • Associação Comunitária de Borges (Jijoca)

A entrega dos tratores começou na última segunda-feira no Cariri Oeste, em Campos Sales. Ao todo, 14 comunidades rurais de seis municípios cearenses recebem os equipamentos do Projeto São José.

“O Governo do Ceará está honrando os seus compromissos com a população e com os prefeitos ao promover a modernização da agricultura familiar. Com essas entregas, as comunidades irão paulatinamente abandonar o cabo da enxada e gerir de forma coletiva um equipamento que vai aumentar produtividade, gerando mais trabalho e renda para o pequeno produtor”, frisa o secretário do Desenvolvimento Agrário Francisco De Assis Diniz.

Segundo Moisés Braz, os tratores permitem o incremento da produtividade. “Hoje o que todo agricultor precisa é que a produtividade dependa menos da necessidade do emprego da força física, e os tratores proporcionam também esse benefício. É uma política que envolve a pequena, a média e até a grande produção. Com ele, os trabalhadores podem preparar sua terra, sem gastar com aluguel de trator”, afirmou.

Com informações da SDA