Moisés confere posse do novo diretor da Ceasa de Tianguá

Nenhum comentário

O deputado estadual Moisés Braz (PT) participou na manhã desta quarta, 16 de março, da posse do novo diretor da Centrais de Abastecimento do Ceará S/A (Ceasa) de Tianguá, Antônio Araújo. Estiveram presentes no evento o secretário da SDA, Dedé Teixeira, o presidente da Câmara Municipal de Tianguá, Haroldo Aragão, os vereadores Portela (Tianguá) e Cláudia do Sindicato (Ibiapina), o vice-prefeito de Ibiapina, Manuel de Freitas e o diretor técnico da Ceasa, Célio Cavalcante.

O evento aconteceu na sede da central de abastecimentos, localizado na BR 222 – km 315, e contou também com a presença do presidente da Ceasa, Reginaldo Moreira. Antônio Araújo da Silva, natural de Tianguá é ex-secretário de Agricultura e Desenvolvimento Econômico do Município de Tianguá, cargo que ocupou de 2008 até 2016. Foi suplente de vereador na Câmara de Vereadores de Tianguá em 2007 e presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Tianguá, função que exerceu de 1994 até 2008.

Mercado

Com a circulação diária de aproximadamente cinco mil pessoas, entre elas produtores, comerciantes e carregadores e a comercialização de cerca de 75 mil toneladas de hortigranjeiros por ano, a Ceasa de Tianguá ganha destaque no setor agrícola.

Localizada na Serra da Ibiapaba, um dos principais polos agrícolas do Nordeste, a Ceasa de Tianguá é um dos principais centros de abastecimento da região e uma das das maiores produtoras de hortigranjeiros do Estado. Dessa forma, os comerciantes e produtores não necessitam se deslocar para outras praças para vender os produtos, porque realizam suas transações na central.

Essa é uma das vantagens de produzir o que se comercializa, além do frescor dos alimentos e o baixo preço.  A Serra de Ibiapaba no Ceará é um dos principais polos agrícolas do Nordeste. O entreposto de Tianguá, inaugurado em setembro de 1977,  abastece não apenas os municípios cearenses, mas também estados como Maranhão, Piauí, Pará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia. Somente durante o ano de 2015, foram comercializados 75.458,40 toneladas de hortigranjeiros.

(Com informações da SDA)

, , ,

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu