Seminário na Assembleia vai elaborar diagnóstico da Agropecuária no Ceará

Nenhum comentário

Por iniciativa do deputado estadual Moisés Braz (PT), a Assembleia Legislativa realiza nesta quarta, 18 de março, às 14 horas, no Complexo das Comissões Técnicas, o seminário “Agropecuária no Ceará: Avanços e Desafios”. Promovido pela Comissão de Agropecuária, o seminário irá reunir representantes do governo, movimento sindical e entidades ligadas ao setor com o objetivo de discutir, diagnosticar e apontar ações prioritárias para o planejamento e organização do setor.

“O desempenho das atividades agropecuárias no estado se caracteriza pelas irregularidades temporais e espaciais das precipitações, gerando incertezas para o setor produtivo e vulnerabilidade para os pequenos produtores, principalmente para aqueles que vivem exclusivamente da agricultura familiar”, aponta Moisés Braz, que preside a comissão. Segundo ele, mesmo com o aparato institucional do Estado e os avanços experimentados por políticas públicas de apoio, ainda há um longo caminho a ser percorrido a fim de que os agricultores familiares sejam totalmente incluídos e tenham organizado seu processo produtivo desde a produção até a comercialização.

A ideia, segundo o parlamentar, é que as principais entidades ligadas à agricultura e à pecuária possam apresentar um panorama dos seus universos de atuação, seja na agricultura familiar, na reforma agrária, na assistência técnica, na pecuária, no abastecimento de água e no direito dos trabalhadores, entre outras áreas.

Estão sendo convidadas a participar do seminário as secretarias estaduais de Desenvolvimento Agrário (SDA) e Agricultura, Pesca e Aquicultura; a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras do Estado do Ceará (Fetraece); a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), os sindicatos de trabalhadores rurais do Estado (STTRs); a Associação dos Agropecuaristas do Estado do Ceará; a Rede Cearense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Rede Ater/CE); a Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA); o Fórum Cearense pela Vida no Semiárido (Fcvsa); o Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra); e a Cáritas Diocesana – Regional Ceará.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu