Moisés prestigia posse do diretório municipal do PT de Tianguá

809

Na Serra Grande, o deputado estadual Moisés Braz participou, na tarde deste sábado (05/8), da posse do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Tianguá. O evento aconteceu na Câmara Municipal e reuniu dezenas de militantes e simpatizantes do partido, além de autoridades políticas da cidade.

“O Partido dos Trabalhadores é um partido democrático, sem rancor. Que quer desenvolvimento e o crescimento do nosso município”, afirmou Haroldo Aragão em seu último discurso como presidente do PT de Tianguá. O petista fez um balanço de seu mandato à frente da sigla. Segundo Haroldo, o partido teve um crescimento de 70%, chegou a ter quatro vereadores na Câmara e conta hoje com cerca de 1.000 filiados. No último mês, foram mais de 50 novas filiações e, em sua avaliação, o PT de Tianguá possui uma base consolidada.

Em seu discurso de posse, o novo presidente da sigla no município Antonio Chiquinho lembrou de sua história no PT. Ele destacou ser um militante histórico e que sempre fez a defesa do partido. Sobre as perspectivas para o futuro, o novo presidente demonstrou clareza. “Sei que vou enfrentar dificuldades, mas vamos fortalecer o partido e fazê-lo crescer”, pontuou. O vereador do PT Netinho Aragão depositou confiança no novo presidente. “O PT está em boas mãos e sei que Seu Chiquinho vai saber conduzir o partido para a disputa em 2018”, afirmou.

A sindicalista e militante histórica do PT de Tianguá Dona Suzete, ressaltou a alegria de em ver o evento lotado e lembrou das dificuldades. “Nós já fomos escorraçados quando falávamos no PT. Passei fome para hoje estarmos aqui, esperamos esse dia chegar”, recordou. Suzete opinou ainda sobre a conjuntura nacional. “Tiraram Dilma e estão vendo aí o resultado negativo. A solução para o Brasil é a volta do PT”, concluiu.

“Os que disseram que iriam melhorar a vida do povo são os mesmos que hoje estão tirando os direitos dos trabalhadores”, alertou o deputado estadual Moisés Braz ao criticar a decisão da Câmara em não seguir com investigação contra o atual presidente. “Um congresso picareta impediu que Temer fosse investigado”, destacou. Segundo o parlamentar, não é momento para desanimar, “mas sim para nos organizarmos e fazermos o enfrentamento”.

Moisés Braz afirmou que o PT deve convocar a militância e ir às ruas. “Nós temos que ir as ruas e debater para que essa reforma da Previdência com o povo e impedi-la de ser aprovada”, destacou. O parlamentar está confiante quanto a 2018: “Vamos eleger Lula, revogar esses decretos do governo golpista e garantir o desenvolvimento do nosso país”. Moisés falou ainda de emendas que está destinando para Tianguá e destacou a que beneficiará a Escola Agrícola do município.

“Não está circulando dinheiro na economia, eles estão quebrando o país”, afirmou o deputado federal José Guimarães ao criticar o governo Temer. Segundo ele, a tentativa dos que derrubaram Dilma era de “quebrar o PT, mas o PT está mais forte do que nunca”. O parlamentar destacou que é necessário fazer mudanças no partido. “Nós não viemos para a política para ser iguais aos outros”, pontuou.

Guimarães foi contundente ao falar da história e da militância do partido. “A gente é do PT por ideologia. No dia que eu sair do PT, abandono a política”, declarou. Para o deputado, não há dificuldade que abale a sigla. “Ninguém acaba com essa raça chamada Partido dos Trabalhadores. Pela sua história, pelo seu legado neste país”, concluiu.

Também participaram do evento o prefeito de Tianguá Luiz Menezes, a secretária de Agricultura Keila Aragão, além de vereadores e lideranças políticas do município.