Moisés fala sobre prioridades da sua atuação na Assembleia

Nenhum comentário

FOTO: JL ROSA/Diário do Nordeste

O deputado Moisés Braz (PT) foi ouvido em matéria publicada pelo jornal Diário do Nordeste nesta sexta, 16 de janeiro, onde deputados novatos na Assembleia apontam as prioridades de suas atuações parlamentares. Confira a íntegra do texto abaixo ou no link (http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/mobile/cadernos/politica/novatos-apontam-prioridades-1.1198383)

” Diário do Nordeste
Novatos apontam prioridades

16/01/2015

Faltando menos de 15 dias para o início da próxima legislatura, os deputados estaduais eleitos para um primeiro mandato estão apreensivos com a nova função a ser assumida. Alguns deles ainda procuram constituir suas assessorias, assim como um foco para atuação nos próximos anos. A acomodação em gabinetes é outra preocupação dos novatos, mas, segundo o primeiro secretário da Casa, Sergio Aguiar (PROS), quase todos já têm as acomodações acertadas.

Zé Ailton Brasil (PP) afirmou que não concluiu escolha de assessoria ou estrutura de gabinete, uma vez que aguarda comunicação da Assembleia. Também neófito no Legislativo, Naumi Amorim disse que vai procurar atender às demandas da população, destacando que sua meta vai depender do que é debatido com determinados setores da sociedade. Ele ainda não montou o grupo de assessores e não sabe quais propostas devem ser apresentadas já nos primeiros dias.

O petista Moisés Braz disse que já visitou a sede do Legislativo três vezes para dialogar com a Primeira Secretaria e Presidência da Casa sobre atuação parlamentar e cobrar acomodações de gabinetes. Segundo ele, há uma possibilidade de ficar com o local que serviu para as atividades do ex-deputado e hoje governador Camilo Santana.

“Nós estamos montando uma equipe bem qualificada que possa conhecer os trâmites da Assembleia para que possamos fazer grandes debates na Casa”, ressaltou. O parlamentar diz ter um perfil de diálogo com todos os colegas, independentemente de partido ou posição ideológica. Acrescenta que se dedicará à discussão da territorialidade do campo e agricultura familiar. “Foi aí que tive a maioria da minha votação”, justifica.

Braz destacou que não tem projeto pronto, mas está discutindo temas referentes ao sistema integrado de produção. “Vou fechar o planejamento com a minha equipe para na próxima semana ter tudo acertado”, alega.

O deputado eleito Odilon Aguiar (PROS), que já foi prefeito de Tauá, disse já ter concluído a montagem da sua equipe de assessores e já fez até reuniões de planejamento do mandato. “Estou me preparando e estudando alguns temas”, garante.

Efeitos da seca

Odilon informou que vai se dedicar, principalmente, às questões de sua região, o Inhamuns, e a temas ligados à irrigação. Durante reunião com o governador Camilo Santana, o deputado disse ao chefe do Executivo cearense que é preciso aprofundar os debates para minimizar os efeitos da seca no Interior.

“Quero trocar ideias na parte das experiências como prefeito de Tauá na questão tecnológica e quero também discutir o desenvolvimento econômico para fortalecer os municípios”. Ele aponta que está dialogando com a assessoria para detalhar projetos a serem apresentados.

De acordo com o primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Sérgio Aguiar (PROS), os gabinetes dos novos deputados já estão praticamente definidos, com exceção dos espaços destinados à Mesa Diretora e à liderança de Governo, que ainda não foram escolhidos.

O processo de acomodação dos parlamentares se deu através de diálogos entre a presidência da Casa, secretaria e setor administrativo. “Hoje os gabinetes são muito semelhados e não existe um que seja maior que o outro”, explicou.

Comissões

No início dos trabalhos legislativos, em fevereiro, os novos deputados terão mais comodidade no acesso ao Complexo das Comissões. Isso porque deverá ser inaugurada a passagem de acesso para a sala dos colegiados, além da ampliação das comissões técnicas, conforme Sérgio Aguiar.

A obra, segundo Aguiar, vai ser inaugurada no dia 2 de fevereiro e deve evitar que parlamentares e funcionários saiam de um ambiente da Casa Legislativa para outro espaço pela rua, já que a passagem fica próxima ao Banco do Brasil instalado na sede do Poder Legislativo.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu