Moisés Braz (PT) critica corte de recursos para Operação Carro-Pipa

Nenhum comentário

O presidente da Comissão de Agropecuária da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado estadual Moisés Braz (PT) lamentou nesta quarta (3), o corte de recurso da Operação Carro-Pipa pelo Governo Federal, que já vem afetando o abastecimento em diversas cidades do Nordeste.

“Recebemos com bastante tristeza a notícia de que os recursos que seriam para dar aos seres humanos a dignidade de ter água, o Governo Federal tem a infelicidade de cortar os recursos para o abastecimento por meio dos carros pipa. Ela foi priorizada pelos governos anteriores e hoje a gente vê o governo cortando essa política”, afirmou o parlamentar.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) confirmou o problema com a operação e informou que, em todo o país, 260 municípios estão com o atendimento suspenso. “A partir de 1º de março, a Operação poderá ter suas atividades paralisadas em 100% dos municípios”, divulgou a pasta no final de fevereiro. No Piauí, 27 cidades já estão sem abastecimento. Em 2020, a média mensal de atendimento foi de cerca de 2 milhões de pessoas em 600 municípios. Uma média de 4,2 mil carros-pipa foram contratados por mês. No total, foram investidos R$ 603 milhões para o serviço.

Segundo Moisés, em pleno século 21, muitas comunidades, distritos e até áreas urbanas ainda necessitam do abastecimento por meio do carro-pipa. “Por mais que o Governo do Ceará tenha um olhar para o agricultor familiar e as comunidades rurais, com a construção de adutoras, sistemas de abastecimento e perfuração de poços, em muitas cidades do nosso estado e do Nordeste esta ainda é uma realidade”, pontuou.

Para o deputado, a decisão do governo Bolsonaro não é novidade. “Ele cortou tudo que é para beneficiar a população mais vulnerável, homens e mulheres do campo. Acabou com a política de convivência com o semiárido ao sufocar o Programa de Cisternas, cortou recurso para financiamento e agora ‘presenteia’ a população do nordeste cortando recurso para os carros-pipa”, concluiu.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu