Moisés Braz participa em Brasília do Dia Nacional de Paralisação

844
Deputado Moisés Braz ao lado de companheiros do MSTTR em Brasília

O Deputado Estadual Moisés Braz (PT) participou nesta quarta, 15 de março, em Brasília, do Dia Nacional de Paralisação organizado pela Frente Brasil Popular, pela Frente Povo Sem Medo, centrais sindicais (entre elas CUT, CTB), Contag e movimentos sociais contra as reformas Trabalhista e da Previdência.

O parlamentar participa durante toda a semana do 12º Congresso Nacional da Contag na capital federal, e juntamente com outros trabalhadores rurais e urbanos participou da mobilização que terminou com a ocupação da sede do Ministério da Fazenda.

O Dia Nacional de Paralisação contou com a adesão de mais de um milhão de trabalhadores em todo o Brasil. Em Fortaleza, o ato aconteceu na Praça da Bandeira e reuniu 30 mil de trabalhadores que caminharam pelo Centro da capital cearense.

WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.46.51 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.46.55 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.46.56 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.46.58 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.46.59 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.47.00 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.47.01 WhatsApp Image 2017-03-15 at 09.47.05 WhatsApp Image 2017-03-15 at 10.07.34 WhatsApp Image 2017-03-15 at 10.10.44

Confira matéria com o balanço das manifestações publicadas pelo site do movimento Povo Sem Medo:

Com unidade, trabalhadores entram em campo contra a reforma da previdência

Um milhão de pessoas participaram das manifestações e paralisações em todo o Brasil contra a reforma da previdência e trabalhista propostas pelo governo de Michel Temer.

As manifestações adquiram nova feição e diferente das mobilizações contrárias ao golpe, contou com a unidade das centrais sindicais e adesão de diversas categorias de trabalhadores nos quatro cantos do Brasil.

Do Acre, que mobilizou mais de sete mil pessoas no período da manhã, à Caxias, no Rio Grande do Sul, que ficou mais de 10 horas mobilizada, a cena geral em todas as cidades foi de muitos cartazes, faixas e cartolinas contra a reforma previdência e trabalhista.

De São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador ecoou o grito de centenas de milhares de pessoas e a demonstração de resistência contra os retrocessos. De Curitiba, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Goiás o recado foi dado em alto e bom som que ser o governo quiser mexer na aposentadoria dos brasileiros, ele vai enfrentar a vontade de lutar de milhares de brasileiros.

A luta que começou com grito das mulheres dizendo que Aposentadoria ficar Teme Sai, as manifestações de hoje demonstraram que o povo brasileiro irá defender os seis direitos com unhas e dentes e que não é um presidente sem voto e golpista que vai destruir a Consolidação das Leis Trabalhistas e as conquistas históricas garantidas depois de muita luta, suor e sangue.

Para aqueles que julgavam que era só tirar a ex-presidenta Dilma Rousseff que o caminho para acabar com o Brasil estava pavimentado, se enganou. De choque, ditaduras, roturas democráticas a história brasileira é construída, mas os trabalhadores sempre demostram que estão aptos ä luta em defesa dessa Nação.

Veja como foi o dia de luta em defesa da aposentadoria e contra a reforma da previdência e trabalhista:

 

ESTADO CIDADE QUANTAS PESSOAS
AC Rio Branco 7000
AL Maceio 8000
11 cidades 10000
AM Manaus 5000
AP
BA Juazeiro da Bahia 300
Salvador 10000
CE Fortaleza 50000
Crateus
DF Brasília 20000
ES Vitoria 3000
GO Goiania 25000
Rio verde 300
Anapolis
MA Sao Luis 3000
MT Cuiabá 6000
Rondonopolis
MS Campo Grande 20000
MG Belo Horizonte 150000
Uberlandia 4000
Governador Valadares
Teofilo Otoni
Juiz de Fora 30000
Vicosa 700
Montes Claros 3000
Mariana 2000
Sao Joao Del rei 2000
Uberaba
PA Belem 5000
PB Sousa
Joao Pessoa 3000
PR Curitiba 60000
Maringá 5000
Iguaçu 1000
Londrina
PE Recife 40000
Petrolina 10000
Caruaru 2000
PI Tereseina
RJ Rio de Janeiro 100000
Petropolis
Volta Redonda
RN Paus dos Ferros 1200
Natal 20000
RS Porto Alegre 10000
Sao Leopoldo
Pelotas
Santa Maria
Cruz Alta
Ijui
Sao Lourenço
Sao Borja
Canoas 4000
Rio Grande
Caxias 4000
Novo Hamburgo 5000
RO Porto Velho 5000
RR Boa Vista 2000
SC Florianopolis
Tubaräo
Chapecó
Sao miguel do oesta
Joinvile
SP Sao Paulo 200000
Piracicaba
São José do Rio Preto
Sao jose dos campos
Ribeirão Preto
Sorocaba 300
Americana
Campinas
Campinas 3000
Bauru
Itanhaém 100
SE Aracaju 7000
TO Palmas 2500

 

Fonte: http://www.frentebrasilpopular.org.br/noticias/com-unidade-trabalhadores-entram-em-campo-contra-a-reforma-da-previdencia-02ce/