Moisés Braz aprova projeto que dá nome a Areninha em Tamboril

Nenhum comentário

Francisco de Paula Alves Sousa. Esse será o nome da Areninha Tipo II a ser construída no município de Tamboril, nos Sertões de Crateús. A homenagem foi aprovada na sessão remota da Assembleia Legislativa desta quinta, 15 de abril, a partir do projeto nº 614/19, de autoria do deputado estadual Moisés Braz (PT). 

O equipamento faz parte de um pacote de areninhas que estão tendo finalizados os processos de licitação pelo Governo do Estado, e deverá ter as obras iniciadas em breve. “Nada mais justo do que homenagear um desportista com o nome de uma Areninha, espaço dedicado à prática do futebol por crianças e jovens. Fico feliz de ter sido o autor do projeto”, afirmou o deputado.

Biografia – Francisco de Paula Alves Sousa nasceu em Tamboril no dia 1º de novembro de 1969. Foi na comunidade de São Manoel, que deu os primeiros passos e descobriu a bola, sua grande paixão. Aos 10 anos, começou a jogar nos torneios na região das Serras das Matas. 

Em 1984, aos 15 anos, começou a jogar em times locais. Iniciou no Juá Esporte Clube, dirigido por Manuel Belinha, onde foi reconhecido por outros profissionais e passou a jogar em torneios, como em Caiçara, Floresta, Sucesso, Capivara, Curatis, Pitombeira e Bom Jardim, assim como nos campeonatos no Campo Nobre, dirigido por Zé Wilson Machado. 

Jogava por amor ao futebol, deslocando-se de bicicleta até os locais de jogos no interior de Tamboril, sem aceitar nenhuma espécie de remuneração ou vantagem. Logo passou a atuar nos campeonatos das cidades como Crateús, Ipú, Croatá, Guaraciaba do Norte, Ipueiras e Monsenhor Tabosa. 

Atacante, conhecido como goleador e portador de habilidades e bom cabeceio, abrilhantava as partidas de futebol por sempre fazer gols. Vestia sempre a camisa nove.

Foi vice-campeão do Campeonato Tamborilense pelo Juá Esporte Clube em 1995, mesmo ano em que sofreu um rompimento dos ligamentos do joelho. Impossibilitando de continuar a carreira, Francisco de Paula decidiu pendurar as chuteiras e passou a gerir times amadores locais. 

Como em sua época de jogador, também foi reconhecido pelo seu trabalho. Iniciou no Juá, mesmo time em que começou sua carreira de jogador ao lado de seu compadre Nenem. Então rebatizado de Juventus Esporte Clube, o time conquistou diversos títulos. Em 2000, foi campeão no Campeonato de Inverno Juá e da Copa Cidade Tamborilense; em 2001, ganhou o campeonato Tamborilense, mesmo ano em que faturou a Copa Serra Sertão com o nome São Manoel, título que se repetiu em 2002 e 2003. Em 2004, ganhou o campeonato Taboense, e em 2005, como Juventos, foi vice-campeão do campeonato local. 

A partir de 2005, Francisco de Paula decidiu afastar-se do futebol, mas a paixão pelo esporte fez com que retornasse em um time do seu assentamento, o São Manoel Esporte Clube. Novamente, vieram as conquistas: Tricampeão do Campeonato do Carmo em 2011, 2012 e 2013; vice-campeão no torneio Só Motos 2018, ano em que disputou sua última competição, quando obteve o terceiro lugar no Campeonato Tamborilense. Para o campeonato de 2019,  tinha muitos planos, time montado, expectativas e a certeza de conseguir realizar o sonho de fazer do São Manoel o campeão Tamborilense.

Francisco de Paula era um homem trabalhador, digno. Porém, no dia 04 de outubro de 2019, madrugada de sexta feira, Francisco de Paula veio a falecer. Mas seus sonhos permaneceram no coração dos familiares, que tentarão florescer as sementes por ele plantadas. Estas servem de motivação para manutenção de sua história viva.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu