Assinadas 32 ordens de serviço pelo Projeto São José

201

O Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), assinou, na tarde desta segunda-feira (19), 32 ordens de serviço pelo Projeto São José. Os documentos marcam o pontapé inicial das obras de instalação de sistema abastecimento d´água para 6.158 famílias em 22 municípios e representam um investimento de R$ 20.649.663,07. Os recursos são do Governo do Ceará por meio de financiamento junto ao Banco Mundial.

A ação beneficia os seguintes municípios /comunidades: Acaraú (Córrego dos Augustinhos), Alto Santo (Novo Castanhão), Arneiroz (Planalto Santana), Brejo Santo (Ipueiras), Capistranho (Sítio Carqueija II), Crateús (Cabeça de Onça), Crato (Baixa do Maracujá e Engenho da Serra), Cruz (Caiçara, Cavalo Branco e Gamileirinha /Lagoa do Mato) e Guaraciaba do Norte (Sítio Canto, Sítio Lagoa dos Silvanos e Vila do Tempo.

Além destes: Guaraciaba do Norte (Sítio Cantos, Sítio Lagoa dos Silvanos e Vila Bom Tempo), Icó (Coelho dos Paraibanos e Lagoa do Icozinho), Iguatu (Sítio Serrote), Independência (Santa Luzia), Jardim (Sítio Lagoinha), Lavras da Mangabeira (Tabuleiro Alegre), Meruoca (Sítio Recife), Milhã (Maré), Missão Velha (Banco de Areia e Baixa do Maracujá 3 e Cachoeira) e Reriutaba (Campo Lindo e Riacho das Flores).    

Por fim, Santana do Cariri (Sítio Canafístula), Tabuleiro do Norte (Gangorrinha), Tarrafas (São Vicente e Sítio Vila Nova/ Cachoeira) e Viçosa do Ceará (Escorregadeira e Sítio Buriti Grande).

Também por meio do Projeto São José, o Governo do Ceará deu início no último semestre de 2017 a obras de abastecimento d’água em 81 comunidades rurais de 38 municípios cearenses.

O investimento com a contratação das 14 empresas responsáveis por conduzirem a implantação dos sistemas de abastecimento d’água é de R$ 46.786.078,73 e a recompensa é o bem-estar de 8.780 famílias espalhadas por todo o território cearense.

Ações emergenciais e a longo prazo

A instalação de sistemas de abastecimento d´água é apenas uma das estratégias adotadas pelo Governo do Ceará no combate aos efeitos da estiagem prolongada dos últimos seis anos. A solução definitiva para a falta d´água nas comunidades rurais ainda é acompanhada pela perfuração de poços, entrega de adutoras de engate rápido (AMRs) e pela Operação Carro-Pipa, em parceria com o Ministério da Integração, que conta com mais de 1.800 veículos distribuindo água nos mais distantes rincões do Estado.

Além dos quase 4 mil poços, o governo Camilo Santana já quebrou paradigmas ao entregar 350 km de adutoras de montagem rápida (AMRs) e mais de 1.110 chafarizes. Por fim, o Governo do Ceará adquiriu sete máquinas perfuratrizes, desburocratizando e barateando a perfuração de poços, e instalou 358 sistemas de dessalinização da água por todo Estado.

Somado ao grande esforço com as medidas tomadas para garantir a convivência com o semiárido nordestino, o Governo do Ceará acompanha as obras de Transposição das Águas do Rio São Francisco, obra do governo federal realizada pelo Ministério da Integração, e irá concluir a interligação das águas do Velho Chico com o açude Castanhão e a partir daí até a capital Fortaleza por meio do Eixão das Águas.

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

André Gurjão – andre.gurjao@sda.ce.gov.br

Marina Filgueiras – marina.filgueiras@sda.ce.gov.br