Assembleia autoriza Estado a distribuir notebooks a professores; EFAs são incluídas

Nenhum comentário

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou nesta quinta, 10 de junho, o projeto de lei do Governo do Ceará que autoriza o poder Executivo a adquirir e a ceder notebooks aos professores da rede estadual de ensino a fim de assegurar condições para a criação de conteúdos e a prática de atividades necessárias à aprendizagem remota. A Secretaria da Educação (Seduc) vai comprar 28 mil notebooks, os quais serão destinados a professores efetivos e temporários.

Uma emenda de autoria do deputado estadual Moisés Braz (PT) garantiu a inclusão dos professores das cinco Escolas Família Agrícola (EFAs) do Ceará na iniciativa do governo. “A mensagem chegou e percebemos que ela ia beneficiar a todos os professores, mas os educadores das EFAs iriam estar de fora. Articulamos com o líder do governo e os professores puderam ser incluídos. Agradeço a sensibilidade do governo em acatar a nossa emenda de plenário”, afirmou Moisés Braz.

“É de fundamental importância garantir aos professores, em especial considerando os desafios para a educação decorrentes da Covid-19, condições para que possam ministrar aulas, criar conteúdos e executar as demais atividades escolares de forma remota/híbrida, garantindo-se o direito constitucional à educação de qualidade”, destaca o governador Camilo Santana no texto enviado à Assembleia. Ainda segundo o chefe do Executivo estadual, os notebooks serão um suporte essencial mesmo após a pandemia, haja vista que as novas tecnologias passaram a compor o cenário educacional no que diz respeito ao papel do professor, do aluno e da gestão escolar.

De acordo com a secretária da Educação, Eliana Estrela, a medida vai possibilitar melhores condições de trabalho aos docentes, influenciando na preparação das aulas e de outras atividades pedagógicas. “A disponibilização de notebooks para os professores é mais um importante investimento do Governo do Ceará no processo de ensino e aprendizagem das escolas da rede estadual”, afirma a secretária.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu