Assembleia aprova prorrogação do estado de calamidade em Meruoca e Varjota

Nenhum comentário

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou hoje dois decretos legislativos que reconhecem e prorrogam até o dia 30 de junho de 2021 o estado de calamidade pública de diversos municípios cearenses. Atendendo a requerimento do deputado estadual Moisés Braz (PT), foram aprovadas as prorrogações de Meruoca e Varjota.

“Tendo em vista a situação de gravidade da pandemia, o prefeito de Meruoca, Herton Alves, solicitou que encaminhássemos a prorrogação no município. Da mesma forma, em Varjota o fizemos atendendo a solicitação do vereador Roberto do Garrone (PT), pedido reforçado pelo presidente do PT no município, Reginaldo Leitão”, afirmou o deputado Moisés Braz.

Foram aprovados os decretos legislativos nºs 08/21 que reconhece o estado de calamidade pública no município de Senador Sá, aprovado com uma emenda do deputado Renato Roseno (Psol); e 09/21, que prorroga, até o dia 30 de junho de 2021, o estado de calamidade pública nos municípios de Acarape, Altaneira, Barbalha, Barro, Baturité, Campos Sales, Guaramiranga, General Sampaio, Ibaretama, Independência, Iracema, Itapajé, Itatira, Martinópole, Meruoca, Milagres, Milhã, Mombaça, Parambu, Paramoti, Pentecoste, Pindoretama, Porteiras, Potiretama, Quixadá, Quixeré, Sobral e Varjota. A matéria também recebeu emendas dos deputados Oriel Nunes Filho (PDT), Queiroz Filho (PDT), Jeová Mota (PDT) e  uma emenda de plenário do deputado Fernando Santana (PT), que incluiu o município de Crato no decreto de calamidade pública.

Assine nossa Newsletter

Conecte-se

Menu